QUEM SOMOS?


O primeiro post da pagina Meus Pergaminhos foi criado em 12 de novembro de 2018, ou seja, há quase um ano. Não o primeiro post de fato, mas o primeiro post dessa nova fase. Em breve explicaremos. Mas afinal, quem somos?


MEUS PERGAMINHOS



A página ou blog Meus Pergaminhos nasceu há alguns anos atrás (uns 10 anos), da necessidade do autor, Rafael Castelo Branco de Oliveira Torres, enviar suas regras "caseiras" do sistema 3.5 para seus amigos. Havia um certo descontentamento com D&D da 3.5 entre seu grupo, muitos talentos eram muito fracos, classes de prestígio variando entre fantásticas e horríveis, um excesso de opções que parecia bom, mas na verdade se tornava muita poluição com mais opções que eram armadilhas de tão ruins do que opções de fato. O autor então decidiu revisar todos os talentos e "acabar" com as classes de prestígio, transformando a grande maioria delas em classes normais (e mantendo apenas umas poucas para níveis acima do 20º). Bom... Não cabe aqui agora contar cada mudança realizada, mas a versão "caseira" da 3.5 já tinha muito mais de 100 páginas e, para facilitar a montagem de personagens pelos jogadores quando eles estavam sem o arquivo digital de regras próprias, elas foram dividias em 3 posts que se encontravam neste blog. 

O grupo continuava ignorando a 4ª edição, que apesar de diversos acertos, não agradava e não se encaixava no tipo de jogo que eles desejavam. Porém, Rafael (eu),  viajou de Curitiba, onde morava, para visitar a mãe em Belo Horizonte e um velho amigo apresentou numa tarde de domingo as regras em fase final da futura edição de D&D, a tal da "Next". Era um conjunto de regras básicas ainda para testes e sua simplicidade e elegância conquistaram o autor. Antes de voltar a Curitiba, os livros começaram a aparecer em pré-venda e ele logo encomendou todos, mesmo os que nem capa ainda apareciam na Amazon, mas já estavam a disposição. E a cada novo livro que chegava, mas ele se encantava com a nova edição de D&D. Agora vamos dar um salto no tempo...

Em algum momento, durante os tópicos nas comunidades do Facebook dedicadas à 5ª Edição, o autor percebia que as perguntas sobre a edição se repetiam. Ora se perguntava sobre atacar com duas armas, ora sobre o status "surpreso", ora sobre outra dessas coisas que hoje abordamos na página. E as respostas se repetiam, entre as erradas, as corretas e as que afirmavam coisas como "se o Mestre quiser", que pouco somam neste tipo de situação, ainda que sejam verdadeiras, pois é como se alguém perguntasse qual o refrigerante mais calórico e outro alguém respondesse "se quiser, pode beber qualquer um deles". É claro que pode, mas e daí? Enfim... Neste momento o autor começou a colecionar e aprimorar uns arquivinhos de texto com umas respostas padrões, para "poupar fadiga". 

Em meio a isso, o autor começou a fazer seu bestiário de criaturas brasileiras e também a traduzir algumas aventuras para disponibilizar nos arquivos dos grupos. Após disponibilizar A Torre em Ruínas, ele percebeu que, por mais que tivesse sido legal, o post com o link se perdia facilmente e ele sempre tinha que recuperar. Foi quando em algum grupo ele viu uma pessoa perguntar sobre blogs e conteúdos voltados para a 5ª edição. Ele etão decidiu, em novembro de 2018, retomar esse blog e transformá-lo num blog voltado para posts com, principalmente, aventuras prontas...

Mas não é que não ficou só nisso?




ASSUNTOS DO MEUS PERGAMINHOS



Logo nas primeiras semanas, o autor releu uma série de colunas antigas publicadas na Wizards sobre como criar sua própria aventura e pensou que seria legal se esse texto chegasse às mãos da comunidade de D&D brasileira. Ele então traduziu e postou como um pdf na página. Aos poucos se somaram detalhamento de regras, dicas, ideias para aventuras, regras e sistemas caseiros abordando situações não cobertas por regras (como combate em massa ou uma adaptação das regras específicas trazidas de outras edições para o Cenário de Ravenloft), tradução de colunas da Wizards ou artigos só encontrados em inglês. E chegamos onde estamos hoje...

Chegamos. Mas quem somos?





EQUIPE MEUS PERGAMINHOS



Bom... Basicamente é um exército de um homem só. Mas não somente isso, claro. Eu, Rafael, tenho mais de 40 anos e jogo RPG desde os anos 90. Escrevi alguns livros (disponíveis na Amazon) e sempre gostei de escrever sobre RPG. Tanto que colaborava com um blog no GEOSITES quando a internet era só mato. Lembro das discussões em fóruns de e-mails e coisas tão antigas que nem vale mais a pena citar... Acompanhei o surgimento das primeiras revistas de RPG no Brasil. Enfim... Sou velho mesmo. Sou um apaixonado por Ravenloft, por Forgotten Realms e Planescape, os meus três cenários favoritos em D&D, certamente. E acho que isso é bem claro no conteúdo da página.

Mas para criar e traduzir o conteúdo que vocês tem aqui, conto com o apoio e pitaco de amigos e companheiros de jornada em grupos de Whatsapp e Facebook. E com a sugestão de vocês, claro. Entre essas pessoas que colaboraram sem nada pedir em troca, apenas para ver a página crescer, estão minha esposa, claro, que já me ajudou com algumas edições de imagens, com o Paulo Henrique que buscou um novo formato para a página, com o Mirabeau, com o Edson (Edd do podcast BaconQuest) e com o Duplat lá do grupo de Whatsapp e que ajudam a moderar o Grupo do Facebook da Meus Pergaminhos, além de várias outras que sugerem pautas de forma intencional ou não. E eu agradeço a todos. O trabalho é solitário, mas nem tão solitário assim... =)

Essa é a página Meus Pergaminhos. Esperamos tirar suas dúvidas, fornecer material para suas campanhas e servir de apoio para Mestres e Jogadores, novatos ou veteranos!

Bem vindo a nossa página. Esperamos que gostem!

Postar um comentário

0 Comentários