DETALHANDO REGRAS: AÇÃO, AÇÃO BÔNUS, REAÇÃO, INTERAÇÃO E DESLOCAMENTO

ALGUNS CONCEITOS IMPORTANTES DA 5ª EDIÇÃO


O Combate da 5ª edição traz uma série de opções para você decidir o que fazer em seu turno e fora dele. E estas ações tem algo que eu vou denominar como CUSTO. É o "preço" que você precisa pagar para realizar o que você deseja. Abaixo vamos listar os custos e alguns usos desses custos. Cabe lembrar que raças, classes e talentos podem possibilitar o uso de algo por um custo diferente, ou simplesmente nem ter custo. São exceções que entram na regra básica contida na Introdução do Livro do Jogador (PHB) que diz: O Específico supera o Geral. Aqui são apresentados os panoramas gerais. As palavras chaves do jogo (D&D é criado com palavras chaves que são termos com significados específicos no jogo, ao invés de ser simplesmente o que diz no dicionário) estarão iniciando com letra maiúscula.



CUSTOS



AÇÃO


É o "custo" mais comum de suas ações (com letra minúscula) no jogo. Várias coisas podem usar uma Ação. A Ação Atacar (com letra maiúscula) pode dar ataques a mais se você tem a habilidade Ataque Extra, por exemplo. Ações se dão sempre no seu turno.

Opções de Ação: Ajudar, Atacar, Conjurar uma Magia, Correr, Desengajar, Esconder, Esquivar, Preparar, Procurar, Usar um Objeto, Ativar um Item, além de outros usos de perícias, por exemplo...



AÇÃO BÔNUS


É um custo que só é aplicável se você tem algo para fazer com ele. Então, por exemplo, se você está com duas armas, uma em cada mão, e usa a Ação Atacar, você pode fazer um ataque a mais com a Ação Bônus. Ações Bônus se dão sempre no seu turno. Você sempre pode escolher quando usar uma Ação Bônus em seu turno, sem que ela tenha sua vez especificada ou que algo te prive de usá-la.

Opções de Ação Bônus: ataque a mais (por usar duas armas, por habilidade de classe...), Ação Ardilosa do Ladino,  Magias com custo de Ação Bônus, habilidades de classe.



REAÇÃO


É um custo que pode ou não acontecer no seu turno e é bem eventual. Em geral, uma reação é uma resposta imediata a algo que aconteceu ou a uma outra Ação. Um Ataque de Oportunidade gasta uma Reação. Algumas habilidades e magias também. Você tem apenas uma Reação do começo do seu turno até o começo do seu próximo turno. É importante notar que se uma reação interrompe o turno de outra criatura, NPC ou PC, ela poderá retomar seu turno assim que você terminar sua Reação.

Opções de Reação: Ataque de Oportunidade, Conjurar "Contramagia" ou "Queda Suave", habilidades de classe.



INTERAÇÃO COM OBJETO


Uma vez no seu turno você pode fazer algo que tem o custo de Interagir com um Objeto. Você pode sacar uma arma, pegar algo no chão, pegar uma poção na sua mochila... Mas é limitado a uma vez por turno. Você não pode beber poções, jogar um frasco de ácido ou afins com essa "interação". 

Opções de Interação com Objeto:  largar ou desembainhar uma espada, abrir ou fechar uma porta,  retirar uma poção de sua mochila, pegar um machado que caiu, pegar um objeto sobre uma mesa, remover um anel de seu dedo, colocar um pouco de comida em sua boca, cravar um estandarte no solo, pegar algumas moedas de sua bolsa de cinto, beber toda a cerveja de uma caneca, acionar uma alavanca ou um mecanismo, puxar uma tocha de um candeeiro, tirar um livro da prateleira que você possa alcançar, extinguir uma pequena chama, colocar uma máscara, puxar o capuz de seu manto e cobrir sua cabeça, colocar seu ouvido em uma porta, chutar uma pedra pequena, virar uma chave em uma fechadura, tocar o chão com um vara de 3 metros, entregue um item para outro personagem.



DESLOCAMENTO


Você tem uma taxa de deslocamento por rodada. Você pode dividir essa taxa por trechos de 5 pés/1,5 metros da forma que quiser, intercalando qualquer ação, ação bônus ou interação com objeto em seu deslocamento, inclusive dividindo possíveis ataques extras entre trechos do deslocamento (então, se você tem dois ataques, pode andar, atacar, andar mais um pouco, atacar e andar novamente, desde que ainda tenha taxa de deslocamento).

A Ação Correr adiciona seu valor de deslocamento, incluindo qualquer modificador (positivo ou negativo), mais uma vez naquele turno. Então, se você possui um deslocamento de 9m, você deslocará 18m naquele turno se usar a Ação Correr.

Se você possui mais de um tipo de taxa de deslocamento (por exemplo, deslocamento padrão de 9 metros e deslocamento voo de 18 metros), ao se movimentar você deve descontar o custo de todos os deslocamentos. Assim, no exemplo acima, se você voa 6 metros e caminha 3 metros, você só possui deslocamento de voo de 9 metros restantes.

Terreno Difícil dobra seu custo de deslocamento.

Se levantar (por estar na condição Caído) custa metade do seu deslocamento.




AÇÕES SEM CUSTO


Existem coisas que podem ser feitas e não requerem o uso de nenhum dos custos listados acima. Fazer uma Salvaguarda para resistir a um efeito durante o jogo, se comunicar (por breves expressões ou gestos) com um companheiro, respirar ou enxergar (sem que esteja PROCURANDO por algo) não gastam qualquer tipo de custo.



INFORMAÇÕES ADICIONAIS


Esses são os tipos de custo da 5ª Edição de Dungeons and Dragons. Porém, um tipo de Ação é comumente confundida com outra e deixamos essa explicaçãozinha aqui no final.

Interação com Objeto é diferente de Ativar um Item. Ativar um Item é usado, basicamente, para fazer com que um item mágico funcione. Isso inclui poções. E gasta uma Ação. Já Interagir com Objetos é algo que inclui o restante de itens que não são mágicos.

Opções de Interagir com Objeto: sacar uma arma, abrir uma porta,  usar um kit de ferramentas (ladino, primeiros socorros, escalada), atacar com um frasco de ácido, atacar com água benta, atacar com fogo alquímico, jogar estrepes, armar uma armadilha de caça, acender uma lanterna ou tocha, colocar fogo em um frasco de óleo, passar veneno em uma arma... Todas essas ações tem o custo de Interagir com Objeto (e, portanto, podem ser usadas como Ação - ou como Ação Bônus se você tiver a habilidade de classe Mãos Rápidas).



Esperamos que esse breve resumo seja útil! A imensa maioria dessas informações são apresentadas no Capítulo de Combate do PHB.

Se você ainda não leu os livros básicos, recomendamos nosso roteiro de leitura para os livros básicos.

Bons jogos!

(Imagens do cenário Planescape, desenhadas pelo artista Tony DiTerlizzi)

Postar um comentário

7 Comentários

Drago Pirata disse…
O texto é ótimo mas pode deixar uma confusão ainda entre interagir com objeto (buscar algo na mochila) e usar objeto, que é Ação, (Jogar o frasco de ácido qye retirou da mochila).
Rafael Soares disse…
Não sei se você saberia me responder, mas não custa nada perguntar... Gostaria de saber se: Quando uma batalha se inicia e o personagem utiliza duas armas (uma em cada mão), ele pode sacar sua arma da mão secundária usando sua ação bônus e atacar no mesmo turno. Minha pergunta se deve pelo fato de que um amigo meu disse ter lido em algum lugar que durante uma batalha, o personagem que utiliza duas armas e não tem o talento "Ambidestro" não pode sacar a arma da mão secundária e atacar com ela no mesmo turno, em resumo, o personagem seria capaz apenas de sacar as duas armas (mão principal e mão secundaria), mas só poderia atacar com a da mão principal este turno, podendo atacar com a da mão secundaria apenas do seu segundo turno em diante.
Sacar uma arma é uma interação com objeto. Você pode sacar UMA ARMA sem o talento, como essa interação "livre".

Por outro lado, quem tem duas armas e não tem o talento é obrigado a sacar apenas uma arma e atacar com ela. Outra opção seria sacar a outra arma usando uma Ação, mas aí seria impossível atacar com qualquer uma delas, o que não parece ser melhor do que sacar e usar uma arma para atacar e no turno seguinte sacar a outra arma com a interação deste novo turno e atacar então com as duas armas.
Rafael Soares disse…
Então o ideal seria deixar sacar uma arma e bater com ela usando a ação principal no turno 1, no turno 2 ele usaria a ação principal para sacar a outra, mas nesse caso tendo posse da ação bônus ele já conseguiria atacar, né?
Não.

Ele saca a arma e bate normalmente na primeira rodada, mas sem usar a ação bônus porque só está usando uma arma (só tem uma arma nas mãos).

No segundo turno ele saca a outra usando INTERAÇÃO COM OBJETO, pode atacar com sua ação normal e atacar com sua ação bônus usando a outra arma.

Lembrando que se ele não atacar com a Ação "normal" (chamada de AÇÃO, simplesmente), ele não tem ação bônus alguma para atacar com outra arma. A Ação Bônus só existe se ele atacar com uma arma em uma das mãos e tiver outra arma em outra das mãos, sendo as duas armas leves (sem o talento).
Rafael Soares disse…
Ah, sim. Muito obrigado pelo esclarecimento! Você teria algum contato: e-mail, Telegram, Whatsapp para o qual eu pudesse mandar algumas perguntas para não bagunçar seu campo de comentários com questões nada haver com os posts? Pois sou um mestre novato, sempre joguei e nunca mestrei, então tenho dúvidas em algumas coisas. Se puder me ajudar eu ficaria muito grato.
Além de nossos contatos nos ícones em cima da página (Instagram, Facebook (incluindo um grupo para dúvidas), Twitter...), temos um grupo de Whatsapp:

https://chat.whatsapp.com/IlCIYCetTCJHSCuwLWSreo

Espero ter ajudado.